sexta-feira, 20 de julho de 2007

É um erro filosófico achar que o tesão não tem nada que ver com a inteligência. Tem tudo: alguns ganham-no da inteligência, outros da falta dela, mesmo assim, tão especificamente.