segunda-feira, 28 de abril de 2008

Se John Cleese parece representar-se sempre a si mesmo, Prunella Scales tem de ser uma grande actriz para, não se representando a si mesma, representar a mulher mais irritante do mundo: Sybil Fawlty.