segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Ganhar o dia

Acabo de ler uma das melhores notícias dos últimos tempos.

Parece que a Tate Modern, em Londres, tem dois quadros de Mark Rothko pendurados ao contrário. Uns dizem que as linhas deviam estar na horizontal, outros na vertical e ninguém sabe, ao certo, qual era a vontade do autor sobre a forma de pendurar os quadros. No meio disto tudo, alguém diz que, se os quadros forem pendurados de outra forma, a interpretação será completamente diferente. Acredito.