sábado, 21 de fevereiro de 2009

No outro dia, Desmond Tutu disse, em público, que Barack Obama devia pedir desculpas pela invasão do Iraque. Eu também não percebo porque é que, chegado ao poder há um mês e um dia, Obama não teve ainda a hombridade de pedir desculpas pela Guerra da Secessão. Mas é claro que isto foi só um pretexto para escrever aqui a palavra secessão.