sábado, 30 de abril de 2011

Marketing

Parece impossível que só as palavras (às vezes, as piores) consigam comprar o silêncio. São a única moeda de troca. O silêncio não é um produto como os outros: quando pensamos estar a comprá-lo, estamos a tentar vendê-lo. Em todo o caso, o consumidor é soberano: só compra o que quer. A venda, essa, é um desafio. Vender o silêncio é um desafio; vender o silêncio é vender um desafio, porque o silêncio é, em si (eu sei que concordámos tratar-nos por tu, mas saiu-me), um desafio. O único desafio para quem deixou de querer falar — e vende quando quer comprar. O desafio impossível para quem não se consegue calar — e, não tendo comprado, quer assinar o livro de reclamações.

0 comentários: