quarta-feira, 4 de maio de 2011

Ver o que acontece

Nem tudo é leve e simples como esta canção de Sinatra, mas tudo é leve e simples como esta canção de Sinatra. Senão vejamos: deixar que alguém acredite em nós, deixar que alguém nos dê a mão, deixar que alguém nos toque, ficar a ver o que acontece. Deixar que alguém nos ame, que alguém se preocupe e nos diga: não, não acho que sejas fria, acho que só estás com medo, e ver o que acontece. E ainda: ver a magia acontecer, acreditar — ou não, tanto faz — no delicioso excesso de confiança que só se espera dos loucos ou dos megalómanos, acreditar que vamos adorar o que quer que aconteça.



Let someone start believing in you, let him hold out his hand
Let him touch you and watch what happens
One someone who can look in your eyes, and see into your heart
Let him find you and watch what happens
Cold, no I won't believe your heart is cold
Maybe just afraid to be broken again
Let someone with a deep love to give
Give that deep love to you, and what magic you'll see
Let someone, one with a deep love to give
Give that deep love to you, and what magic you'll see
Let someone give his heart, someone who cares like me
Someone who cares like me
You're gonna love what happens...

(Gravada por Frank Sinatra a 24 de Fevereiro de 1969 (Reprise Records), em Hollywood, a canção é de Michel Legrand para o filme Les Parapluies de Cherbourg, de Jaques Demy; a letra em inglês é de Norman Gimbel)

1 comentários:

cs disse...

Just, Believe.Believe,