segunda-feira, 19 de setembro de 2011

A espera

P. disse-me hoje a coisa mais bonita e mais útil que alguma vez me disseram: «O que precisas é de sair da merda do centeio». E vou. Vou sair da espera pelo meu próprio pé.

0 comentários: