segunda-feira, 26 de março de 2012

Banalidade

Hoje demorei-me junto a um homem que tinha o teu perfume e surpreendi-me: não sabia que a memória do desejo podia ser mais violenta que a do amor.

0 comentários: