sexta-feira, 20 de abril de 2012

Hopper

O cansaço e o desespero apesar de, lá fora, ser um dia de Verão. Esta mulher com ombros mas sem rosto contrasta com as outras mulheres de Hopper, que enfrentam o dia frente a uma janela aberta. Este quadro não é dos seus melhores, mas toca-me hoje como nenhum. Porque também eu quero ser uma daquelas mulheres. Por que não sou, não sei, mas estou cansada e o dia ainda mal começou.


1 comentários:

cs disse...

Tenho dias que não me apetece ter rosto, e nem se quer me sinto mais triste. Mas são dias em que sinto:)